quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Notícia: Ânimas entregou primeiro cão de serviço de Portugal




É certo e sabido que o cão é o melhor amigo do Homem, mas, como em tudo na vida, há exemplos que sublinham esse “lugar comum”. É o caso do Benny, o primeiro cão de serviço em Portugal. O atraente Labrador Retriever preto foi oficialmente entregue pela Ânimas (Associação Portuguesa para a Intervenção com Animais de Ajuda Social) a José Paulo, um jovem de 15 anos que sofre de Distrofia Muscular Duchenne, no dia 14 de Dezembro, no âmbito do Ano Europeu das Pessoas com Deficiência.

José Paulo convive com Benny há algum tempo. Depois de um longo período de treino, o primeiro cão de serviços de Portugal passou tempo em período de acoplamento com o jovem de Guimarães, cujo convívio será agora diário. Tirar as luvas, acender luzes, abrir portas, retirar objectos de gaveta ou apanhá-los do chão e entregá-los são algumas das habilidades que este cão de serviço aprendeu ao longo de 10 meses de treino numa quinta de Oliveira de Azeméis. A fundação sediada no Porto tem actualmente vários treinadores formados para cães de serviço devido à colaboração com a fundação espanhola Bocalán.

Para Fátima Salgado e Paulo Martins, os pais de José Paulo, o Benny é uma nova motivação. “Constitui motivação suficiente para nos deslocarmos tantas e tantas à quinta do treinador, para ir ao centro apresentá-lo aos seus amigos e cuidadores… É o Benny quem lhe acende a luz, quem lhe procura e leva os objectos que estão na gaveta e, acima de tudo, quem o acompanha. É ele quem agora tira as luvas ao Zé, quem agora segue a sombra do nosso filho, é o Benny quem agora dormirá todas as noites ao seu lado”, disseram.

A Ânimas foi fundada em Maio de 2002 e visa promover a utilização de cães de assistência por pessoas com incapacidades, como seja o caso de indivíduos utilizadores de cadeiras de rodas, indivíduos portadores de esclerose múltipla, espinha bífida, de surdos, entre outros. Neste sentido, desenvolve actividades de formação de técnicos, treino de cães e o relacionamento destes com os respectivos utentes com vista à sua maior independência, integração social e comunitária. As raças mais utilizadas são o Labrador Retriever e o Golden Retriever.

Um comentário:

LUMIAR disse...

Olá pessoal! Sou portadora de esclerose multipla. Eu adquirir um pastor belga ele tem apenas um mês e dias de nascimento.Gostaria de saber se é preciso dar uma educacão apropriada a ele para eu tenha benefícios terapeuticos. Ou se um cão labrador é mais indicado.